Acontece:
Translate:





Untitled document

PASTORAL EPISCOPAL – JUNHO/2014

OBEDIÊNCIA

 

“Então, Pedro e os demais apóstolos afirmaram: Antes, importa obedecer a Deus do que aos homens”. Atos 5.29.

 

“Pois a vossa obediência é conhecida por todos; por isso, me alegro a vosso respeito; e quero que sejais sábios para o bem e símplices para o mal”. Romanos 16.19

 

“Agora, pois, ó Israel, ouve os estatutos e os juízos que eu vos ensino, para os cumprirdes, para que vivais, e entreis, e possuais a terra que o SENHOR, Deus de vossos pais, vos dá. 2 Nada acrescentareis à palavra que vos mando, nem diminuireis dela, para que guardeis os mandamentos do SENHOR, vosso Deus, que eu vos mando. 3 Os vossos olhos viram o que o SENHOR fez por causa de Baal-Peor; pois a todo homem que seguiu a Baal-Peor o SENHOR, vosso Deus, consumiu do vosso meio. 4 Porém vós que permanecestes fiéis ao SENHOR, vosso Deus, todos, hoje, estais vivos. 5 Eis que vos tenho ensinado estatutos e juízos, como me mandou o SENHOR, meu Deus, para que assim façais no meio da terra que passais a possuir. 6 Guardai-os, pois, e cumpri-os, porque isto será a vossa sabedoria e o vosso entendimento perante os olhos dos povos que, ouvindo todos estes estatutos, dirão: Certamente, este grande povo é gente sábia e inteligente.7 Pois que grande nação há que tenha deuses tão chegados a si como o SENHOR, nosso Deus, todas as vezes que o invocamos? 8 E que grande nação há que tenha estatutos e juízos tão justos como toda esta lei que eu hoje vos proponho? 9 Tão somente guarda-te a ti mesmo e guarda bem a tua alma, que te não esqueças daquelas coisas que os teus olhos têm visto, e se não apartem do teu coração todos os dias da tua vida, e as farás saber a teus filhos e aos filhos de teus filhos”. Deuteronômio 4. 1 – 9.

Não posso falar, à luz dos textos bíblicos acima, sobre OBEDIÊNCIA, sem falar primeiro sobre a desobediência e suas consequências, tanto na nossa vida pessoal e familiar, como na nossa descendência. Cito dois exemplos no Antigo Testamento:

 

MOISÉS

Numa linguagem bem carioca, eu poderia dizer que Moisés deu “mole”.

Depois do seu encontro com Deus no monte onde teve a experiência da sarça ardente e foi comissionado pelo Senhor a voltar ao Egito, de onde tinha saído fugido, para liberta o povo hebreu da escravidão imposta por Faraó.

Ele obedeceu, entretanto, mal havia começado a viagem, lemos em Êxodo 4:24 “Estando Moisés no caminho, encontro-o o Senhor e o quis matar ".

O que aconteceu? Será que Moisés deu algum “mole”? Certamente...!

Veja como Deus se revelou a Moisés quando o chamou: “O Senhor, o Deus de vossos pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó, me enviou a vós outros...” Êxodo 3.15. Ele se revela como o Deus da ALIANÇA!

Qual era a marca da ALIANÇA? A circuncisão.

Moisés, como hebreu, foi circuncidado pelos pais ao oitavo dia de nascido, mas seus filhos nasceram fora do Egito e certamente não passaram por esse rito, como podemos perceber no versículo 25 do capitulo 4 de Êxodo. Pode-se entender que antes de voltar ao Egito, Moisés tenha circuncidado um deles, quem sabe o mais velho, mas como era uma operação muito dolorosa, Zípora, sua esposa, não deixou Moisés continuar o ritual e aí deu "mole". Quanto ela viu que o Senhor ia matar o seu marido por causa disso, ela mesmo tomou a iniciativa e ainda o acusou de homem sanguinário.

Nós discípulos de Jesus Cristo, temos no seu sangue, a marca da NOVA ALIANÇA. Aleluia!

 

 

 

O jovem profeta

Ainda no Antigo testamento, temos a experiência trágica de um jovem profeta de Deus. Você conhece a história.

Esse jovem profeta recebeu uma ordem de Deus para ir a Betel e clamar contra a idolatria do rei Jeroboão. Esse profeta era de Judá. Ele OBEDECEU, mas houve um momento decisivo que ele deu “mole”. A princípio fez tudo direitinho como o Senhor tinha ordenado, como para não comer pão, nem beber água e não voltar pelo caminho por onde foi I Reis 13. 8 - 9.

 Estava tudo indo muito bem, profetizou, enfrentou a fúria do rei, a profecia se cumpriu, mas quando estava voltando para casa com a sensação de missão cumprida, no caminho, encontrou um velho e experiente profeta que o convidou a voltar e ir ate a sua casa para comer pão e beber água. Embora o jovem profeta tivesse bem viva a ordem de Deus, em sua memória, pois no primeiro momento recusou e citou para o velho profeta as ordens que recebera da boca do próprio Deus, mas em detrimento disso, aceitou a palavra do homem que dizia ser profeta e recebera uma contraordem do mesmo Deus. MISERICÓRDIA! “Disse o velho Profeta:” Eu também sou profeta como tu, e um anjo me falou por ordem do Senhor: Faze-o voltar contigo a tua casa, para que coma pão e beba água... Então voltou ele, e comeu pão e bebeu água ". I Reis 13. 15 - 19. Quem sabe, pensando que era uma ordem para entregar o jejum, deu "mole" e isso lhe custou a própria vida. Foi devorado por um leão no caminho de volta pra casa ( v. 24 ).

Ainda hoje, muitos líderes tem tido o seu ministério devorado por causa da desobediência, infelizmente! Não deixe isso acontecer com você.

 Não tenho espaço aqui para outros relatos de líderes que deram “mole”, desobedecendo ao Senhor e sua Palavra. Homens e mulheres de Deus, amados e amadas do Senhor, que em determinado momento de suas vidas decidiram pela desobediência e sofreram sérias consequências. Esses exemplos devem ficar como sinalizadores para nós, confirmando que não vale a pena desobedecer a Deus. É muito melhor obedecer, mesmo que o preço da obediência seja muito alto. Posso afirmar: as consequências em nossas vidas sempre serão maravilhosas e abençoadoras.

Dois exemplos de homens que obedeceram a despeito de qualquer preço:

 

ABRAÃO

 

Abraão passou pela prova da obediência quando aceitou entregar para o sacrifício o que ele tinha de mais precioso, Isaque, o filho da promessa.

É bom lembrar que ele esperou pelo cumprimento dessa promessa por 25 anos. Uma promessa humanamente impossível de cumprir. Sua esposa, alem de idosa era estéril.

Depois da promessa de Deus cumprida, Ele pede Isaque em sacrifício. Não sei você, mas eu se fosse Abraão diria o seguinte para o Senhor: O Senhor não tem algo mais fácil para me pedir? Tem que ser mesmo o meu único filho? O filho que o Senhor mesmo me prometeu e que seria meu herdeiro e pai de uma grande nação? O Senhor tem certeza que é isso mesmo que o Senhor quer de mim? Mas Abraão não pergunta nada, mas simplesmente saiu para OBEDECER e oferecer o seu filho Isaque como o Senhor havia ordenado.

Por isso podemos ler na Bíblia em Gênesis 22. 15 a 18: “Então, do céu bradou pela segunda vez o Anjo do SENHOR a Abraão e disse: Jurei, por mim mesmo, diz o SENHOR, porquanto fizeste isso e não me negaste o teu único filho, que deveras te abençoarei e certamente multiplicarei a tua descendência como as estrelas dos céus e como a areia na praia do mar; a tua descendência possuirá a cidade dos seus inimigos, 18 nela serão benditas todas as nações da terra, porquanto obedeceste à minha voz”.

Eu e você estamos aqui hoje porque Abraão obedeceu e nos tornamos herdeiros das promessas feitas a ele. Aleluia!

 

 

PAULO

Você certamente pregou muitas vezes sobre o encontro de Saulo com Deus no caminho, indo para Damasco. Atos 9. 3- 6: “Seguindo ele estrada fora, ao aproximar-se de Damasco, subitamente uma luz do céu brilhou ao seu redor,4 e, caindo por terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues? 5 Ele perguntou: Quem és tu, Senhor? E a resposta foi: Eu sou Jesus, a quem tu persegues; 6 mas levanta-te e entra na cidade, onde te dirão o que te convém fazer”

Paulo OBEDECEU à ordem dada pelo Senhor Jesus, entrou na Cidade como foi ordenado e iniciou sua caminhada com  o discípulo de Jesus. Ele só não sabia o que ia significar a palavra do Senhor revelada a Ananias: "... este é para mim um instrumento escolhido para levar o meu nome perante os gentios e reis, bem como perante os filhos de Israel; pois eu lhe mostrarei quanto lhe importa sofrer pelo meu nome ". Atos 9. 15 e 16;

E que preço!

Vamos ler os seguintes textos bíblicos:

Atos 22. 4 a 21

Atos 26. 2 a 23

II Coríntios 6. 4 e 5

II Coríntios 11. 23 a 28

Como você pode ver pela leitura dos textos acima, constatamos o quanto foi caro o preço que Paulo pagou pela obediência, mas os resultados foram maravilhosos, imensuráveis. Eu e você somos frutos, bem como milhões e milhões de pessoas em todo mundo ao longo de vinte séculos e também nos séculos vindouros, se o Senhor Jesus não voltar antes.

A maior parte do Novo Testamento que temos na nossa Bíblia também é fruto dessa obediência, do ministério do apóstolo Paulo.

Termino com uma frase desse homem de Deus que esta sempre nos desafiando:

“Não fui desobediente à visão celestial” Atos 26. 19.

Aqui esta o grande segredo de um ministério abençoado e abençoador. Não ser desobediente a visão celestial.

Certamente você tem clareza do seu chamado missionário, então o que precisa fazer é ser OBEDIENTE a essa visão que você também recebeu.

Que o Senhor continue te usando poderosamente é a minha oração.

 

Seu pastor e companheiro na obra missionária,

 

 

 

Carlos Alberto Tavares Alves

Bispo Missionário

 Região Missionária da Amazônia - Rema

 




Boletim Missionario -

Busca de Conteúdos no Portal

Encontre
Igrejas e Pastores

Pesquise também:

Versículo do Dia

Buscai ao Senhor, vós todos os mansos da terra, que tendes posto por obra o seu juizo; buscai a justiça, buscai a mansidão; porventura sereis escondidos no dia da ira do Senhor.


SOFONIAS 2.3

Boletim Eletrônico
Informe seu nome e e-mail para receber nosso boletim eletrônico.
Nome:
E-mail:
Região Missionária Amazonica - Rua Afonso Pena, 1161 - Nossa Senhora das Gracas - Porto Velho - RO - CEP 76804-120 - Fone: 69 3229.2150
Desenvolvido por: