Acontece:
Translate:





Untitled document

Carta Pastoral – Setembro de 2013

 

Igreja na visão do discipulado

 

 

“Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu”;
Mateus 6:10.

“Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas”. Mateus 6:33.

 

Nesse novo tempo, o nosso maior desafio como Igreja Metodista no Brasil tem sido: VIVER O DISCIPULADO de Jesus Como NOSSO ESTILO DE VIDA.

Somos desafiados também, fazer uma profunda avaliação dos programas que realizamos todos os anos, o que realmente tem contribuído para o cumprimento da ordem de Jesus. “Ir e fazer discípulos”!

1-      Uma Igreja de programas:

Caracteriza-se pelos programas que realiza para manter seus membros ocupados e se possível ganhar novos membros. A motivação desse modelo de igreja são atividades (programas) desenvolvidas por seus ministérios e grupos societários.

Gastam até 80% do que arrecadam com dízimos e ofertas com esses programas e seus desdobramentos.

A principal característica desse modelo que temos hoje é que não cresce! Nem em número, espiritualidade (santificação) e serviço. Estão sempre fazendo as mesmas coisas e consequentemente, colhendo os mesmos resultados. Sempre ganhando e perdendo.

Esse modelo não tem como prioridade a missão, tudo gira em torno dela mesma. Tudo é para gastar com a igreja local.

2-      Igreja na visão do discipulado

Na Rema constamos que a maioria das nossas igrejas locais já iniciou a transição: uma igreja de programas para uma igreja na visão do discipulado.

Para que essa transição tenha sucesso, é necessário que o/a Pastor/a presidente lidere o processo. Não pode ser delegado para outra pessoa!

Nossa igreja tem o modelo de dons e ministérios com células. Não somos uma igreja em células no formato que comumente conhecemos.

É bom lembrar que o modelo de igreja em células tudo acontece na célula, o templo é só para as celebrações dominicais, reunião de redes e treinamento de lideranças.

Mesmo a igreja em células, com o tempo corre o risco de se tornar uma igreja de programas. Eu já vi isso acontecer.

3-      A Visão do discipulado.

A igreja na visão do discipulado tem como sua missão principal estabelecer o Reino de Deus, gerando filhos/as para o nosso Deus.

Discipula os membros existentes e os novos convertidos. Tem o seu rol de membros, mas todos/as são discípulos/as do Senhor Jesus Cristo, que geram novos/as discípulos/as para Ele.

Nessa igreja a evangelização (ganhar) e pastoreio (consolidar) se dá principalmente nas células, investe na preparação da liderança e sua grande paixão é a obra missionária.

Conclusão

A igreja de programa tem o desejo de fazer algo para Deus e faz e essas coisas também são importantes, mas quase sempre, faz sem a preocupação de resultados a curto, médio e longo prazo. Normalmente o objetivo é alcançado com o próprio programa, terminada a atividade, começamos a preparar outra ou esperamos para fazer no próximo ano o mesmo programa, com o mesmo resultado.

A igreja que está vivendo a plenitude do discipulado todo o seu esforço está concentrado para a multiplicação é o pastoreio (cuidado) uns dos outros.

Um modelo (programa) quer fazer algo para Deus e o outro (discipulado), quer gerar filhos para Deus.

A ordem é ir e fazer discípulos/as e ensinando a guardar todas as coisas.

Podemos fazer coisas para Deus, mas não podemos de deixar de gerar filhos/as para Ele!

 

Tenha um mês de grandes conquistas no seu ministério.

 

 

 

 

Bispo Carlos Alberto Tavares Alves

                                             Bispo Missionário

Região Missionária da Amazônia




Boletim Missionario -

Busca de Conteúdos no Portal

Encontre
Igrejas e Pastores

Pesquise também:

Versículo do Dia

Todas as coisas são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas são lícitas, mas nem todas as coisas edificam.


I CORINTIOS 10.23

Boletim Eletrônico
Informe seu nome e e-mail para receber nosso boletim eletrônico.
Nome:
E-mail:
Região Missionária Amazonica - Rua Afonso Pena, 1161 - Nossa Senhora das Gracas - Porto Velho - RO - CEP 76804-120 - Fone: 69 3229.2150
Desenvolvido por: